RÁDIO MARANATA AO VIVO:

domingo, 21 de fevereiro de 2010

O evolucionismo não evolui.


 No ano de 1859 o naturalista britânico Charles Darwin lança o livro A Origem das Espécies, revolucionando assim a maneira de encarar as duas questões mais velhas da humanidade “Quem somos?” e “De onde viemos?”.
Nos meios científicos, junto com o anúncio dessa nova teoria, foi anunciada a breve morte de Deus. No entanto, agora, cento e cinqüenta anos depois, o que vemos é exatamente o contrário. A bíblia continua sendo o livro mais vendido e publicado no mundo. Segundo a revista "História"(uma revista cientifica), são publicados anualmente 11 milhões de versões com o texto integral da Bíblia e 12 milhões de versões do Novo Testamento e outros milhões de outros livros contendo e discutindo partes da Bíblia.
Como anda a teoria do evolucionismo?
Apesar de essa teoria ser estudada por muitos cientistas no mundo inteiro e amplamente divulgada pela mídia em geral, não há provas cientificas concretas para atestar sua veracidade, ela simplesmente não caminha. O que vemos são os meios de comunicação nos enchendo de informações sobre ela e tentando fazer uma verdadeira lavagem cerebral a ponto de muitos acreditarem nessa teoria como sendo a mais pura verdade.
Ouvimos falar em todos os meios de comunicação sobre a procura pelo “elo perdido”, um macaco bípede com polegares opositores para provar que este seria o elo evolucionário entre os macacos e os humanos, alguns cristãos sentem calafrios com isso e se perguntam:
-E se eles encontrarem?
Mas a verdade é que ninguém comprovou até hoje a existência de nenhum elo perdido entre nenhuma espécie do reino animal. Nunca foi encontrado um fóssil de um “peixe-réptil”, ou um “réptil-ave”, ou uma “ave-mamífera”. Durante muito tempo um fóssil encontrado de um peixe que caminhava em terra firme chamado “mudskipper” que teria vivido a milhões de anos foi usado como prova de que um peixe no passado teria saído da água para caminhar em terra firme criando assim os répteis, e por meio da evolução todas as criaturas terrestres, inclusive nós humanos. Passados alguns anos esse adorável peixinho foi encontrado, vivo, nadando, caminhando e até subindo em arvores alegremente em seu habitat natural.



Existem muitas outras coisas que não podem ser explicadas pela evolução, como o olho e a coagulação do sangue, por exemplo. Assim podemos concluir que a teoria da evolução é somente uma teoria, precisamos de mais fé para crer em uma teoria que cria tudo por acaso do que na versão bíblica que põe Deus no comando de tudo e como mente criadora coordenando e comandando toda vida no universo.
M.A.R.G.

HOME 

Nenhum comentário:

Postar um comentário